Oficina de jogos “biolúdicos” dá força à filosofia de defesa dos direitos dos animais nesse domingo (23/09), na Asa Norte

Motivada por convicções éticas que tem como bandeira a defesa dos direitos dos animais por meio do boicote de atividades e produtos nocivos que estimulam o abuso e a exploração dos animais, a filosofia vegana tem ganhado força em Brasília. Para despertar a conscientização ambiental entre os baixinhos, o Café Corbucci realiza nesse domingo (23/09), às 16h30, uma oficina de jogos que trazem desafios que estimulam o conhecimento dos seres vivos e a importância da preservação ambiental. O café está localizado na quadra 203 norte, bloco D, loja 53. A entrada é franca.

Criados pela bióloga e engenheira florestal brasiliense Nurit Bensusan, os jogos BiobrazucaTsunami e Bioquê? trazem em suas cartas coloridas e figuras de animais curiosidades sobre os seres vivos e as principais ameaças da biodiversidade marinha e terrestre, como a poluição e a pesca predatória. Após lançar recentemente o livro infantil “Rio + 20, + 21, +22, +23”, na abertura da conferência mundial, a também autora dos títulos “Quanto dura um rinoceronte?” e do novíssimo “Labirintos – Parques Nacionais”, acredita que somente por meio do conhecimento é possível estimular a proteção do meio ambiente.

“São jogos de cartas divertidos por meio dos quais se aprende sem sentir e se exercita a interação social, aprendendo a perder sem se exasperar e ganhar sem tripudiar. Esse link com o café é muito interessante e válido pela proposta de defesa dos animais”, destaca Nurit, que lançou a empresa de jogos Biolúdica como iniciativa para popularizar a ciência.

Para Marina Corbucci, proprietária do Café Corbucci, além de entreter pais e filhos, e frequentadores em geral do estabelecimento, a proposta lúdica diferenciada dos jogos só tem a somar aos princípios do veganismo. “Por sermos um lugar que incentiva a responsabilidade ambiental, e a exploração animal fazer parte da indústria que mais causa devastação ambiental no mundo, essa gama de animais que os jogos trazem ajuda a trabalhar a questão de animais de produção e também da preservação da fauna e da flora, mostrando que são todos seres vivos, de forma mais abrangente”, aprova.

Serviço:
Oficina de jogos da Biolúdica
Data: 23 de setembro (domingo)
Hora: 16h
Local: 203 norte, bloco D, loja 53 (Asa Norte)
Ingresso: entrada franca
Mais informações: www.bioludica.com.br

 

Assessoria de imprensa Biolúdica:
(61) 8177 3832 / 8428 0719 Clarice Gulyas
claricegulyas@gmail.com / gulyascomunicacao@gmail.com

Anúncios